9 de julho de 2013

PampaStock 2013 - Conhecendo SB.


Quem me acompanha no twitter sabe que no dia 05/06/07 estive em São Borja, uma cidadezinha que faz fronteira com a Argentina aqui no RS. Fui participar do PampaStock um festival organizado pelos acadêmicos da DCG: Sociologia do Rock (blábláblá - quem quiser saber mais clique aqui).

''Nossa Lorena, mas você não falou mal do Lollapalooza?'' Sim, falei. E continuo falando: prefiro mil vezes ficar em casa do que ir em festivais lotados e ainda por cima ter que ficar chafurdando na lama feito porco (ecá). Mas nada contra quem tem disposição para ir. Só não é uma coisa que eu LORENA gostaria de fazer. Ao menos o PampaStock eu já sabia que seria um mini festival e que não ia dar muita gente. Achei que seria ao ar livre, mas fui surpreendida, era em um local fechado - fiquei mega feliz por isso. Confesso que não sai da minha caminha para ir no festival em si, fui mais pela companhia (namorado e amigos) e pela ideia de acampar/andar por uma cidade totalmente desconhecida. 

Conheci vários lugares legais: restaurantes, barzinhos,  praças, os lugares onde o Luis morou (pra quem não sabe meu namorado morou 2 anos em SB), e até a Argentina - confesso que esperava bem mais, era tão feinha, mas valeu a pena pela bebida que é super barata por lá e por ter passado em frente ao Cassino (que é bem bonito por sinal). 

Bom, no primeiro dia ficamos bebendo em uma praça, que apelidamos: ''pracinha das tartarugas'' - Thais Furtado. Acho que nem preciso explicar o porque depois da foto ai de baixo:










O festival em si foi bem paradão, uma festa ralé aqui em SG fica bem mais animada. Mas a culpa não é da organização, afinal não faltou nada, a ideia do evento é ótima, as palestras com temas bem legais. O que faltou mesmo foi ânimo, ou álcool no sangue das pessoas (afinal só se podia beber fora do local). Foi tão insosso o primeiro dia que no segundo não entramos, afinal se fosse para curtir a musica podíamos muito bem ficar do lado de fora. 

As bandas foram muito bem escolhidas, mas as minhas preferidas foram: Almirante 14- SG (Sim, sou suspeita) e Paralelo 31 - Livramento (que realmente fez a galera sair do chão).







 





 ps: não tiramos foto no segundo dia.

A galera do acampamento, inclusive as que foram comigo, apareceram em várias fotos e vídeos do festival. Eu preferi fugir das câmeras e não dar entrevistas. O vídeo onde dá pra ver bem o pessoal de SG é esse: (link).


Nenhum comentário:

Postar um comentário