14 de setembro de 2015

Ah Choco!


 Nunca conheci ninguém com tanta sede de viver.. e de cerveja!


Nunca vi ninguém com um coração tão bom..
com defeitinhos tão pequenos que precisava de uma equipe inteira.
Parecia que tu já sabia e a tua despedida vai ser do jeitinho que tu queria.
Medo de não ser lembrado? ''Sêji bobo!'' Trás mais uma bebida.


Tô escrevendo esse poema em um papel, do jeito que tu fazia..
..não sou tão boa quanto você, mas  bem que eu queria..
 só pra poder dizer tudo o que hoje eu te diria.


Tá difícil, ''nuuuh véi,'' como tá difícil!
E nessa ladeira de sentimentos tu não vai estar lá embaixo pra segurar a minha mão..
mas tu deixou lembranças tão bonitas que escalar uma a uma não vai ser problema não.


Nunca vou esquecer e agora mais do que nunca somos uma parte de você.
Seu coração parou de bater? Acho que não! 
Você continua pulsando dentro de tanta gente, queria que você pudesse ver.


No fundo, acho que tu já sabia, afinal sua parceria era de quem queria ter. 
Como eu queria ouvir uma última piada que tu já contava meio direcionada,
pois sabia que ninguém mais ia entender.


Tenho certeza que onde quer que tu esteja estará gritando assim:
''ihuuu-uull , aqui ta bão demais soh''
Porque tu era assim: ALEGRIA.. FOLIA.. PARCERIA..
Um monte de ia que agora se foi.





Nenhum comentário:

Postar um comentário